sábado, 7 de março de 2009

26 semanas- 6 meses


Está grávida de 26 semanas – já só faltam 98 dias!- Desenvolvimento do feto
Começa a formar-se gordura por baixo da pele do bebé.
O bebé pesa agora cerca de 900 gramas e mede cerca de 35,5 cm da cabeça ao calcanhar. O peso irá mais ou menos triplicar deste momento até ao nascimento, à medida que rapidamente forma a sua gordura. Essa gordura ser-lhe-á necessária para se adaptar às temperaturas mais baixas fora do útero e como fonte de energia e calorias nos primeiros dias de vida. É comum os recém-nascidos perderem peso, especialmente os que se alimentam de leite materno (por vezes a perda de peso chega a 10% do peso à nascença) na primeira semana após o nascimento.
Os percursos nervosos dos ouvidos do bebé começam a desenvolver-se, o que quer dizer que a sua resposta aos sons começa a tornar-se mais consistente. Os pulmões também estão em pleno desenvolvimento, ao mesmo tempo que o bebé continua a inspirar pequenas quantidades de líquido amniótico – um bom treino para quando, depois de nascer, inspirar pela primeira vez aquela lufada de ar. Se for um rapaz, os testículos começam a descer para o escroto – uma viagem que demorará cerca de três dias.
------------------------------------------------------------------------------------------------
Está grávida de 26 semanas – já só faltam 98 dias!- Desenvolvimento da mãe
Sinais de pré-eclâmpsia e como aliviar a obstipação.
Por esta altura, a sua tensão arterial poderá estar a aumentar ligeiramente, regressando aos intervalos normais anteriores à gravidez. (Das 22 às 24 semanas, a tensão arterial baixou um pouco.) Embora a pré-eclâmpsia ocorra maioritariamente no último trimestre, esta é uma boa altura para se consciencializar dos sinais desta situação perigosa que ocorre em 3 a 7% de todas as gravidezes. Entre os sinais a que deve estar atenta incluem-se as mãos e a cara inchada, um aumento súbito de peso (devido à retenção de líquidos), visão desfocada, ver manchas, dores de cabeça repentinas intensas ou persistentes ou dores no abdómen superior. Ao rastrear hipertensão ou proteínas na urina nas consultas de rotina da gravidez, o médico controla a existência de pré-eclâmpsia, mas contacte-o de imediato se tiver algum destes sintomas entre as consultas. A identificação precoce da pré-eclâmpsia é essencial para a sua saúde e a do bebé. Sofre de prisão de ventre? Esta é uma queixa comum. Metade das mulheres grávidas sente um abrandamento do funcionamento intestinal. Na origem desta congestão está o abrandamento do sistema digestivo e a compressão do peso do útero sobre o recto. Os suplementos de ferro também podem contribuir para o problema.
EXPLICAÇÃO
O que são as contracções de Braxton Hicks?
As contracções de Braxton Hicks são apenas a versão de grávida das ligeiras contracções uterinas involuntárias que a maioria das mulheres sente no dia-a-dia, segundo o Dr. Mark Taslimi, professor de obstetrícia e ginecologia no Lucille Packard Children's Hospital em Palo Alto, na Califórnia. Músculos involuntários, como o útero, o coração e os intestinos contraem-se regularmente sem que a pessoa sequer dê conta. Quando o útero fica maior, as contracções são mais evidentes, dado que movimentam uma maior massa muscular. A menos que as contracções se tornem frequentes e ocorram com intervalos regulares, não há verdadeiro motivo para preocupação.
As minha "queixas":
- Dor de costas
- Dor nas ancas
- Pernas cansadas e pesadas
- Cansaço
- Dormir mal
- Fome, muita fome
- (...)

4 comentários:

Sandra Veloso Silva disse...

98 dias passam num instantinho.

Já falta pouco.

Jinhos

Mãe-Te-Quer disse...

Parabéns pelas 26 semanas! Daqui até ao final é um instantinho! :)
Eu também me queixo de dores nas costas e de cansaço...
Lá teremos de aguentar, não é?
Beijinhos

Liana disse...

Parabéns linda.

Beijos

Pat disse...

Está quase, quase!! Parabéns!
;)